sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

A escolha surpreendente de McCain

Sarah Palin é a escolha surpreendente de McCain para a corrida à presidência dos EUA. Há uns dias circulava o rumor de que seria Tim Pawlenty a escolha, um convicto alarmista do aquecimento global. Em vez disso, escolheu Sarah Palin, governadora do Alasca, que numa recente entrevista referiu-se aos biliões de barris de petróleo disponíveis no Alasca, que se podem aproveitar com impactos ambientais mínimos. É igualmente alguém que percebe que existiu aquecimento, mas que ele não tem origem antropogénico.

Uma excelente escolha!

www.newsmax.com/headlines/sarah_palin_vp/2008/08/29/126139.html
www.nytimes.com/2008/01/05/opinion/05palin.html?_r=2&oref=login&oref=slogin

quinta-feira, 28 de Agosto de 2008

Eólicas e linhas de alta tensão

O pesadelo de qualquer ecologista: ser a favor da energia eólica e depois ter que condenar as linhas de alta tensão! O link abaixo mostra o problema que está a acontecer nos EUA, onde até a Horizon da EDP está com problemas. Ele é muito simples: é preciso transportar, desde o topo dos montes, ou dos locais remotos, a energia produzida, para as grandes cidades.

Cá por Portugal, é tudo relativamente perto. Mas Deus nos livre das linhas de alta tensão!

www.nytimes.com/2008/08/27/business/27grid.html
www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=972117
www.centroinformacao.ren.pt/content/62FE93FFF6CF492A8E5BCA6625C662DD.PPT

quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

Al Gore: um agente britânico

Na edição de 29 de Agosto, a Executive Intelligence Review, refere que Al Gore é afinal um agente britânico. Deve ser o novo 007, pelo Nobel recebido em 2007. A revista, que desconhecia, não parece merecer grande crédito, apesar de alguns artigos interessantes no passado. A criatividade do artigo revela algumas das agendas secretas que podem estar por detrás dos que perseguem a teoria das alterações climáticas, e do Al Gore em particular...

www.larouchepub.com/lym/2008/3534gore_brit_genes.html

terça-feira, 26 de Agosto de 2008

Somos um país pobre?

A notícia anda por aí. Portugal foi o país europeu que em 2007 comprou os carros novos mais eficientes. O estudo foi feito pela Federação Europeia de Transportes e Ambiente, e a análise do documento revela algumas verdades manipuladas.

O estudo dá grande destaque à BMW, por ter sido o fabricante que mais melhorou a eficiência de consumo de combustíveis. Todavia, não revelam que a posição actual é a 12ª entre 14 fabricantes! Os fabricantes mais eficientes são a Fiat e a Peugeot/Citroen.

Palavras para quê? Somos o primeiro porque somos pobres, e compramos Fiats e Peugeots e Citroens! Os últimos da lista são só a Suécia, Finlândia, Lituânia e Alemanha! O que acham que se compra nesses países?

http://ecosfera.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1340516&idCanal=92
www.transportenvironment.org/Publications/prep_hand_out/lid:513

Eólicas ou morcegos?

As fatalidades envolvendo aves em parque eólicos estão relativamente bem documentadas. O mesmo era desconhecido relativamente aos morcegos, os quais por detectarem alvos em movimento melhor que alvos parados, não era suposto serem tão dizimados em parques eólicos.

Erin Baerwald, et al., da Universidade de Calgary no Canadá, na mais recente edição da Current Biology, chegam à conclusão que a mortandade é derivada de barotrauma, causado pela súbita redução de pressão de ar que se verifica próximo das pás eólicas. Em 90% das fatalidades encontradas havia hemorragias internas consistentes com barotrauma, e que o contacto directo com as pás apenas envolvia metade das fatalidades.

www.current-biology.com/content/article/abstract?uid=PIIS0960982208007513

segunda-feira, 25 de Agosto de 2008

A insustentável leveza da energia eólica

A REN publicou um relatório com o objectivo de apresentar uma evolução da potência e produção eólica em Portugal Continental durante os primeiros 6 meses de 2008. O documento evidencia as virtudes da energia eólica, nomeadamente o facto de ter contribuído 11% para o total de energia eléctrica em Portugal.

Mas lá bem no final do documento, refere-se o exemplo do dia 28 de Fevereiro. Nesse dia, a produção foi de apenas 2GWh, apenas cerca de 1% do consumo nacional. Ou seja, temos que manter 99% dos meios de geração actual, sob pena de ficarmos às escuras. Ou então, realmente despacharmos a construção das barragens com capacidade de reversibilidade...

www.centroinformacao.ren.pt/content/D33A30ED172641B692D1DA09FF00A545.PDF

Défice Tarifário

Ainda não passaram seis meses sobre a negociata do défice tarifário, e ele já está por aí outra vez... Não há problema: alguém que pague nos próximos 15 anos! E venham mais eólicas e centrais solares, que os portugueses não se importam de pagar aos estrangeiros mais um bocadinho, e já agora com juros. Passamos a seguir o exemplo político de "nuestros hermanos", atulhados exactamente no mesmo problema!

http://diarioeconomico.sapo.pt/edicion/diarioeconomico/edicion_impresa/empresas/pt/desarrollo/1157221.html
http://economia.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1338117

domingo, 24 de Agosto de 2008

Linha do Tua

Logo depois do infeliz acidente da linha do Tua, o partido ecologista "Os Verdes" saiu a terreiro, manifestando "estranheza pela sucessão de acidentes na Linha do Tua, ora por uma razão ora por outra". Manuela Cunha, dirigente do partido, foi mais longe, ao levantar suspeitas: "Num momento em que existe um claro conflito de interesses entre quem deseja que a linha continue a circular e quem quer a barragem, é um acidente de estranhar". Para a secretária de Estado dos Transportes, Ana Paulo Vitorino, a sucessão de acidentes é "estranha" porque, pelo seu conhecimento, nada parece provar a existência de deficiências profundas na infra-estrutura. No meio disto tudo, (quase) toda a gente parece desconhecer as razões para os dois acidentes anteriores...

Porque é isto importante? Porque um grupo de teenagers, menores de idade, parece ter descoberto algumas verdades inconvenientes! Quais detectives do FBI, descobriram que os parafusos que devem ser o suporte dos carris, se conseguem desapertar à mão!

Onde é que estes avestruzes enfiam agora a cabeça? Faça-se a barragem antes que mais alguém se aleije! Já agora, transformem a linha entretanto em percurso pedestre, mas façam cuidado com as pedras...

http://diario.iol.pt/sociedade/tua-descarrilamento-os-verdes-linha-do-tua-mirandela-metro/983842-4071.html
http://ultimahora.publico.pt/noticia.aspx?id=1340082
http://dn.sapo.pt/2008/08/24/cidades/metro_mirandela_desconhece_relatorio.html
www.rr.pt/InformacaoDetalhe.aspx?AreaId=11&ContentId=257693

terça-feira, 19 de Agosto de 2008

Um mal nunca vem só!

Os alarmistas e defensores do aquecimento global tem um único problema: é que um mal nunca vem só! Como já referi anteriormente, a Mãe Natureza deve ter-se insurgido com a atribuição do Prémio Nobel ao Al Gore e IPCC. Agora mandou o vulcão Kasatochi, próximo do Alasca, entrar em erupção e mandar para a atmosfera mais de uma MegaTonelada de Dióxido de Enxofre. Este gás reflecte os raios solares de volta para o espaço e assim anula o efeito de estufa, e efectivamente arrefece o planeta. Com todos os factores que actualmente contribuem para a baixa de temperaturas no planeta, este é apenas mais um...

É claro que a tendência dos ecologistas da treta vai ser aproveitar este momento para dizer que a descida das temperaturas que actualmente se verifica resulta desta erupção vulcânica. Mas ao fazê-lo estarão a cometer um erro: é que as alterações climáticas são muito mais condicionadas pela Mãe Natureza que pelo Homem!

http://wattsupwiththat.wordpress.com/2008/08/18/large-atmospheric-sulfur-dioxide-experiment-now-underway-in-the-pacific/

Mais neve com fartura

Agora é no Hemisfério Sul. Nunca tanta neve existiu na Nova Zelândia! O pessoal do esqui deve estar a delirar por aquelas bandas... Mas lá é Inverno, dirão os leitores...

Voltemos ao Hemisfério Norte. Estamos em Agosto, mas no Colorado já neva. Dois meses antes do habitual...

www.nzherald.co.nz/section/1/story.cfm?c_id=1&objectid=10527882
www.9news.com/news/article.aspx?storyid=97774&catid=188

Littlemore KO

Um dos maiores alarmistas das alterações climáticas, Richard Littlemore, editor do blog desmogblog, foi vencido por KO num debate de rádio por Christopher Monckton, envolvido recentemente na polémica da APS, e recentemente aqui referida.

A audição do programa, e a leitura das transcrições, revela como os apoiantes do gang Gore andam desesperados. Não dominam a ciência subjacente, insistindo mesmo em erros claros. Os leitores do blog estão escandalizados e fizeram senti-lo nos comentários. O próprio Richard Littlemore concedeu a derrota...

Não admira que o Al Gore e seus seguidores não aceitem debater o tema em público!

www.heartland.org/Article.cfm?artId=23673
www.desmogblog.com/monckton-vs-littlemore-to-think-i-could-have-been-doing-something-useful

quinta-feira, 14 de Agosto de 2008

O famigerado hockey stick

A história do famigerado Hockey Stick já foi aqui abordada. O conceito do Hockey Stick é fundamental na consolidação da estrutura catastrofista dos relatórios do IPCC, bem como do drama do filme "A Verdade Inconveniente", do Al Gore. Todavia, a dificuldade de interpretação das fórmulas matemáticas/estatísticas detalhadas por Steve McIntyre, no seu blog Climate Audit, tornavam para o comum dos mortais difícil perceber cabalmente o que se passava.

Bishop Hill, no seu blog, resolveu este problema. E o que ele explica é a forma atabalhoada e anti-científica, como Michael Mann, Caspar Amman and Eugene Wahl, aldrabaram a comunidade científica nos últimos anos, não fornecendo dados, escondendo outros, conseguindo ainda a publicação de papers à margem das regras de peer-review estabelecidas.

http://bishophill.squarespace.com/blog/2008/8/11/caspar-and-the-jesus-paper.html

terça-feira, 12 de Agosto de 2008

Cocó de gaivota

Confesso que as Berlengas são um dos sítios mais paradisíacos de Portugal. Sei também o que um bom número de aves podem fazer quando se esquecem donde é a casa de banho. Por isso é que é interessante o esgrimir de posições entre a Câmara de Peniche e a Quercus. Segundo o autarca de Peniche, António José Correia, a má qualidade da água das Berlengas é causada pelos excrementos do elevado número de gaivotas que habita a ilha. Para os ambientalistas, a má qualidade das águas ficou-se a dever à "incapacidade de tratamento adequado dos efluentes gerados na ilha". Francamente!

http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1338737

segunda-feira, 11 de Agosto de 2008

Um bom hambúrguer ou um automóvel?

No DN de ontem, Domingo, na pag. 55, há uma infografia estranha. Quanto CO2 se produz para fazer um hambúrguer? 18MJ = 7.26 kg de CO2. Quanto CO2 produz um automóvel? 50Km = 8 kg de CO2.

A infografia, de Tânia Sousa, é no mínimo intrigante. Será que ela quis assinalar o facto de que um carro é mais económico que um ser humano? É que eu não fazia 50Km com um bom hambúrguer!

Os ecologistas actuais

No artigo semanal do Notícias Magazine, Tomás de Montemor define os ecologistas actuais. Não arrastam as chinelas como antigamente, nem tem cabelo comprido nem barba. Como são eles então?

A roupa é simples, se possível reutilizável. O carro é de um modelo económico, impecavelmente afinado; na bagageira há uma bicicleta para aproveitar uma descida convidativa. Também a abastecer é possível ver as diferenças: prefere a noite para que nem uma molécula de gasolina evapore e fica três minutos à espera que a última gota caia da mangueira. Se possível, pára sempre numa descida para poder arrancar em segunda. Lá dentro de casa partimos os dedos dos pés porque chocamos com os móveis ao tentarmos habituar-nos à penumbra que resulta de duas lâmpadas económicas. Os restos lá de casa acabam depositados numa caldeira especializada capaz de produzir metano que depois se queima para aquecer os jantares às terças, quintas e feriados.

As frases acima são apenas a ponta de icebergue do artigo. Não há pachorra Tomás...

sábado, 9 de Agosto de 2008

Arca do Al Gore

O profeta da desgraça finalmente arranjou a sua arca. Não interessa que consuma quantidades industriais de CO2 na sua casa ou nas suas deslocações. Ele tinha que ter a sua arca, porque a subida dos mares exige uma arca como deve ser...

http://pajamasmedia.com/blog/gore-hits-the-waves-with-a-massive-new-houseboat/

quarta-feira, 6 de Agosto de 2008

Dar a mão à palmatória

Era uma vez um Verão que ia ser muito quente. O mais quente dos últimos 25 anos. Os grandes modelos, aqueles que guiam o IM e o IPCC previam:

"Os modelos meteorológicos disponíveis hoje para os três meses de Verão apontam para a possibilidade de temperaturas mais elevadas em cerca de 0,5 graus Celsius acima da média."

Quase todos sabíamos que assim não iria ser. E o IM veio dar a mão à palmatória com os dados de Julho:

"Os valores médios da temperatura máxima, mínima e média do ar em Portugal continental foram inferiores aos valores normais em -1,0ºC, -0,9ºC e 1,1ºC respectivamente."

Por observação do forum meteopt.com, é possível confirmar que isto dos 25 anos é mais um embuste dos meios de comunicação social, que confundiram o conceito de média...

http://dn.sapo.pt/2008/06/04/sociedade/verao_mais_quente_ultimos_anos.html
www.meteo.pt/pt/media/noticias/newsdetail.html?f=/pt/media/noticias/textos/Rel_Clima_Julho.html
www.meteopt.com/forum/climatologia/monitorizacao-clima-de-portugal-2008-a-1810-9.html

terça-feira, 5 de Agosto de 2008

Tesouros marítimos

Os ingleses, depois de nós, foram um povo navegador. Tinham o bom hábito de registar o que se passava nas suas expedições, incluindo as temperaturas do ar e do mar, pressões atmosféricas e outras variáveis climáticas. Descoberto esse tesouro da Royal Navy, análises preliminares apontam para uma negação substancial das teorias que explicam o aquecimento dos últimos anos.

E que podemos dizer nós portugueses? O que teremos nós registado no passado que os Americanos, sem história, não conheçam? Não percebo muito de história, mas alguns exemplos estão-me na memória, como a Real Fábrica do Gelo, ou o porto de mar em Óbidos. O que poderemos contribuir nós, da nossa história?

www.telegraph.co.uk/news/2496902/Lord-Nelson-and-Captain-Cooks-shiplogs-question-climate-change-theories.html
www.timesonline.co.uk/tol/news/environment/article4449527.ece

Gráfico de CO2 alisado!

Depois da notícia bombástica de ontem sobre a descida de CO2, a notícia agora é o alisamento do gráfico! As pessoas envolvidas no registo da evolução climática estão cada vez mais em causa, e não nos bastava o Hansen e o GISS, para agora termos o NOAA envolvido, fazendo manipulações nos dados do CO2, e esperando que ninguém topasse...

A verdade é que os valores ficaram registados na Web. Anthony Watts registou as diferenças num GIF animado. Ate em português ficou registado no forum meteopt.com.

Não há dúvida que nos andam a aldrabar. Há algumas tentativas de justificação com o facto dos dados serem preliminares, mas os dados parecem ter sido alterados até 30 anos atrás!

http://wattsupwiththat.wordpress.com/2008/08/04/one-day-later-mauna-loa-co2-graph-changes-data-doesnt/

segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

Viva o capitalismo

Num artigo de opinião no DN, o professor João César das Neves refere, com razão, que os violentos ataques à sociedade ocidental podem resumir-se em dois pontos fundamentais. O segundo é relativo ao facto de a sua evolução não ser sustentável e, através da destruição do ambiente, vir a arruinar a humanidade e o planeta.

Mais um testemunho claro sobre os ecologistas da treta. E continua:

"Os críticos e activistas da subversão e contra-cultura não só vivem dele, mas usam abundantemente os meios que o próprio regime lhes disponibiliza. Por vezes com resultados contraditórios. Por exemplo, alguém calculou o efeito sobre o aquecimento global dos filmes, livros e programas sobre o aquecimento global?"

Uma excelente pergunta e uma verdade inconveniente! Para o comprovar podem começar por ver a relação entre a família do Al Gore e Armand Hammer...

http://dn.sapo.pt/2008/08/04/opiniao/a_terrivel_tentacao_capitalista.html
http://en.wikipedia.org/wiki/Armand_Hammer

CO2 na atmosfera desce entre Janeiro e Julho, pela primeira vez!

Pela primeira vez nos registos dos níveis de CO2 presentes na atmosfera, os valores desceram entre o mês de Janeiro e Julho. Ainda não são conhecidos os motivos, mas advinham-se nos próximos dias várias notícias especulativas, do género:

-Aumento do preço do petróleo faz diminuir emissões de CO2
-Dieta chinesa de emissões por volta dos Jogos Olímpicos faz diminuir emissões de CO2
-Redução das emissões de CO2 faz diminuir temperaturas no planeta

A última é a minha preferida. É uma questão de quem chegou primeiro: o ovo ou a galinha? Neste caso, foi o baixar das temperaturas...

http://wattsupwiththat.wordpress.com/2008/08/04/mauna-loa-co2-january-to-july-trend-goes-negative-first-time-in-history/

sábado, 2 de Agosto de 2008

Bangladesh a ganhar terra!

As previsões do IPCC e do gang do Al Gore são unânimes em considerar que o Bangladesh é um dos países que mais sofrerá com o Aquecimento Global, por via da subida do nível do mar. Os Nobeis da treta preveêm que o país perca 17% do seu território por alturas de 2050. O tretas do James Hansen pinta um futuro ainda mais negro, prevendo o desaparecimento do país no final do século. Como é costume, estas previsões estão completamente erradas!

A verdade é que o Bangladesh tem vindo a ganhar 20Km2 ao mar por ano, nos últimos anos, muito por via dos sedimentos dos seus rios. Desde 1973 terá ganho 1000Km2! As previsões dos ditadores lá do sítio são de mais 1000Km2 nos próximos 50 anos...

Está é mais uma boa razão para alguém tirar o Nobel a estes senhores!

www.gisdevelopment.net/news/viewn.asp?id=GIS:N_urxyjlzhkv

Consenso Científico suspeito

As questões das alterações climáticas eram um facto comprovado. Mas deixaram de o ser, e são cada vez mais os académicos a lançar a sua voz contra este consenso fabricado. Na Universidade de Verão de Adeje, nas Canárias, a conferência de José Ramón Arévalo Sierra, no curso "Cambio climático: consecuencias ecológicas y económicas locales y globales", questionou como os meios de comunicação veiculam este consenso, com metodologias científicas discutíveis...

www.cursosdeverano.info/curso_de/cursos-de-verano-de-cambio-climatico--consecuencias-ecologicas-y-economicas-locales-y-globales-210641.html
www.tenerifenews.com/cms/front_content.php?client=1&lang=1&idcat=8&idart=8490