terça-feira, 15 de Maio de 2012

O planeta da WWF

A WWF lançou o seu Relatório do Planeta Vivo 2012, onde alerta para o crescimento da população e suas consequências. Segundo eles, o crescimento da população aumenta a procura de recursos colocando enormes pressões sobre a biodiversidade da Terra e ameaçando a segurança, saúde e bem-estar do nosso futuro.

Para não variar, a ênfase é posta na pegada ecológica. Os 10 países com maior pegada ecológica são:
  • Qatar
  • Kuwait
  • Emirados Árabes Unidos
  • Dinamarca
  • Estados Unidos da América
  • Bélgica
  • Austrália
  • Canadá
  • Holanda
  • Irlanda

Resumindo, países onde se vive bem. Portugal fica-se pela 39ª posição, em cerca de 150 países. O que estes tretas não nos querem dizer é quais são os países onde, segundo eles, se vive com uma pegada ecológica pequena. É preciso ir ao documento completo para topar esta Verdade Inconveniente. É para estes países (pag. 45 do PDF) que estes tretas deviam ir viver:
  • Nepal
  • Congo
  • Paquistão
  • Ruanda
  • Bangladesh
  • Eritreia
  • Haiti
  • Afeganistão
  • Timor Leste
  • Território Palestiniano

Estes tretas têm todavia a capacidade de mandar bitaites extraordinários. Como a de que "o declínio da biodiversidade, desde 1970 tem sido mais rápido nos países de baixo rendimento, o que demonstra como as nações mais pobres e vulneráveis estão a subsidiar os estilos de vida dos países mais ricos". Ou seja, não se compreende se eles querem que o Mundo desenvolvido deixe de o ser, para ter uma pegada ecológica menor, ou se querem impedir que os países subdesenvolvidos se mantenham assim, para permanecerem com uma pegada ecológica baixa...