domingo, 20 de Maio de 2012

Wadi As-Sirhan é verde

A semana passada, Antón Uriarte publicou um artigo interessante sobre como o deserto pode tornar-se num local muito interessante. De acordo com esta página da NASA, na Arábia Saudita há um deserto onde se cultiva cereais, fruta e vegetais. A imagem ao lado, em cores falsas, documenta a evolução do deserto de Wadi As-Sirhan, vista de satélite em 1987, 1991, 2000 e 2012. Cada um dos círculos verdes da imagem é um sistema de rega pivot, com um quilómetro de diâmetro.

A água necessária à vida no deserto é obtida de furos, que reutilizam água que aí existe desde a última Idade do Gelo, em função de condições geológicas especiais. Os furos chegam a ter um quilómetro de profundidade, e embora ninguém saiba quanta água aí existe, estima-se que seja suficiente para 50 anos. A precipitação média atinge entre 100 a 200 milímetros por ano, mas com vegetação, esta água da chuva será certamente melhor retida, e a própria transpiração das plantas alimentará o próprio ciclo da água. Um excelente exemplo em como o Homem consegue melhorar o Meio Ambiente!