terça-feira, 30 de Junho de 2009

Ouvidos de peixe

Vale tudo para assustar a humanidade. E vale tudo em termos de investigação. Checkley et al. mostram-nos que peixe criado em níveis de concentração de CO2 elevados têm otólitos (mais ou menos os ouvidos dos peixes) maiores que o normal, ao contrário do que esperavam...

Na primeira experiência, a água tinha seis vezes a quantidade actual de CO2. Os otólitos tinham uma dimensão 15 a 17% superior ao normal. Ao repetirem a experência com 3.5 vezes o nível de CO2, os otólitos eram 7 a 9% maiores...

E depois? Será que os peixes até gostam da ideia? Será que ouvem melhor?

www.sciencemag.org/cgi/content/abstract/324/5935/1683

domingo, 28 de Junho de 2009

Alfa, Bravo e Charlie

Ainda não começou a fase Charlie, no combate aos fogos florestais, e já os resultados estão à vista. Numa primavera em que tem apenas havido alguns dias de calor, e ainda menos de muito calor, a área ardida já é maior que a de todo o ano de 2008. Até 15 de Junho já tinham ardido 17262 hectares, contra os 17244 de 2008.

Não há dúvidas que continua tudo a preparar-se para um Verão explosivo! Todos pensam que esta chuvinha é uma ajuda preciosa, mas promete ser exactamente o contrário. A grande quantidade de combustível florestal só se torna ainda maior com estas preciosas gotas. E quando vier o calor, mesmo que em quantidade normal, vai ser ver tudo a arder...

Se ao menos os milhares de homens dispostos para a fase Charlie ainda fizessem alguma coisa pela prevenção. Mas não! São apenas forças de reacção rápidas...

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1389083&idCanal=62

sábado, 27 de Junho de 2009

Persona Non Grata

Mitchell Taylor é um cientista que estuda os ursos polares há 30 anos. Apesar de ser um dos maiores especialistas mundiais na matéria, é persona non grata numa reunião da União Internacional para a Conservação da Natureza, dedicada ao urso polar!

A razão é mais que óbvia: é necessário produzir um relatório assustador sobre o urso polar, mas Mitchell Taylor, uma das pessoas no terreno, não é propriamente da opinião de que os ursos polares estejam a diminuir. Aliás, este é um ano notável para o urso polar...

Se somarmos o facto de que a reunião se realiza em Copenhaga, nas vésperas da conferência das Nacões Unidas em Dezembro, e sabendo-se que Taylor é um céptico da origem antropogénica do Aquecimento Global, não é dificil perceber porque ele é uma persona non grata em Copenhaga... E como vão aparecer relatórios assustadores nos próximos dias sobre o coitadinho do urso polar.

www.telegraph.co.uk/comment/columnists/christopherbooker/5664069/Polar-bear-expert-barred-by-global-warmists.html

sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Eleições Verdes

Não admira que apenas o PSD defenda a existência de eleições autárquicas e legislativas em simultâneo, entre os grandes partidos políticos portugueses. Agora, o que não se compreende é a posição de "Os Verdes"... Numa altura em que o que está a dar seria a diminuição da pegada ecológica das eleições em Portugal!

Pensem bem em que todos nos teríamos que dirigir duas vezes às mesas de voto. Produzindo CO2 desnecessário! Bem como os que integram as mesas de voto, embora eles não se importem de receber duas vezes... E os carros dos ministros a acelerar duas vezes pelo País. Ou os carros de propaganda a terem que circular o dobro do tempo, produzindo o dobro de CO2. E os jornalistas. É tudo a dobrar!

Porque será que a Heloísa Apolónia não pensou nisto???

http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=12&id_news=395489

quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Conversa da Treta

Via ambio, vale a pena ver este pequeno extracto do Filme da Treta. A reter:

"aquilo é uma espécie de religião"
"eu até era capaz de alinhar nisso da barcaça do Greenpeacer mas era se eles atirassem os hippies todos borda fora e fizessem uma desinfestação naquilo..."

quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Detecção de tretas


Via Francisco Trindade, uma reportagem muito interessante sobre detecção de tretas... A fazer lembrar o livro de Carl Sagan, The Demon-Haunted World, com um melhor resumo aqui. Uma visão das tretas do Aquecimento Global pela mesma equipa é visível no link abaixo. Não percam!

www.skeptic.com/the_magazine/featured_articles/v14n01_climate_of_belief.html

terça-feira, 23 de Junho de 2009

Mais lei dos poços

Quando tudo parecia estar adiado para o ano que vem, aparece o extraordinário Ministro do Ambiente com o rabo entre as pernas... A dizer que a lei dos poços não tem que ser cumprida, mas interpretada à sua maneira...

Como o Público referia ontem, "a semente da revolta estava a começar a germinar" e "a situação continuava com todos os ingredientes para se tornar explosiva." Mas o Ministro veio dizer algumas coisas, que não se encontram em legislação alguma: "Mas a lei não se aplica a todos os que têm poços, quem tira um balde de água para o gado ou para regar a horta, não tem de o ir legalizar."

Porque, refere Nunes Correia, o cumprimento da lei "teria um custo proibitivo: um custo político e um custo social" e "Aprendemos com o passado, pois a única manifestação que me lembro de ver à porta do Ministério do Ambiente foi quando, em 1994, se tentou que todos declarassem os seus poços".

Assim se evitam as sacholadas...

http://ecosfera.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1387940&idCanal=92

domingo, 21 de Junho de 2009

Bendito Rodovalho

Os ecologistas são assim. Nada pode acontecer, e o ideal seria regressarmos à Idade Média. A Pescanova queria construir uma instalação de aquicultura no Cabo de Touriñán, na Galiza. Os ecologistas fizeram-lhes a vida negra, pelo que a Pescanova decidiu investir em Mira. Enquanto a Pescanova enfrentava então a Quercus e companhia, os galegos imploravam para que voltassem...

Felizmente, numa altura em que os stocks de pesca estão afectados, e que se combate a pesca selvagem, esta é certamente uma forma de assegurar um futuro sustentável...

http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1387828&idCanal=10
http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1306721

sábado, 20 de Junho de 2009

Estabilidade Eólica

O Rui Moura, no excelente Mitos Climáticos, chamou a atenção para a estabilidade anticiclónica que se tem vivido nos últimos dias. Para além do calor que enfrentamos, interessa aqui analisar a falta de vento.

Nestes dias, o ar condicionado é muito nosso amigo. Mas não são as energias alternativas, particularmente a eólica, que nos permitem estes confortos. Como se pode ver nos diagramas de produção eólica, ela tem sido negligente nos últimos dias. Com uma potência instalada de quase 1800MW, nos últimos três dias andou-se quase sempre pela produção de apenas 100MW, apenas se tendo ultrapassado os 200MW durante o final da tarde de ontem.

Que significam que menos de 2% do consumo do meu ar condicionado vem das ventoinhas...

quinta-feira, 18 de Junho de 2009

Na terra do urso


Enquanto nos debatemos com o Aquecimento Local, tudo vai bem na terra do urso, em Churchill, Manitoba, no Canadá. Quer dizer, pelo menos para os ursos polares. Porque para o resto, nem por isso. Como podem ver no primeiro link, as aves migratórias não vão conseguir reproduzir este ano. Porque na zona onde costumam efectuar a reprodução, está tudo virtualmente coberto de neve! As temperaturas médias de Maio foram quase de -5ºC, 4ºC abaixo da média!

Um residente local explica que nunca a Primavera chegou tão tarde. Nem a de 1962! As estradas chegam a ter quase dois metros de neve, com os ecoturistas, habituais nesta época do ano, completamente desaparecidos! Para um dos poucos turistas, Ruth Baker, as montanhas de neve são inacreditáveis!

No segundo link, do qual extraí o vídeo acima, os patos parecem estar a safar-se, mas os gansos não! A visão do vídeo é muito elucidativa, bem como o são as imagens da extensão de neve no norte do Canadá...

Mas o pior são os humanos que estão a morrer. Nessa região existe neste momento um dos maiores problemas de gripe suína do Canadá. Naquela província canadiana, com pouco mais de um milhão de habitantes, já há 260 afectados. Destes, 80 são da terra do urso, onde vivem apenas uns poucos milhares de pessoas. Porque será?

Mas nas palavras de Thomas Karl, um tretas do Centro Climático Nacional do Canadá, estas oscilações são parte da viagem acidentada até ao Aquecimento Global!!!

www.winnipegfreepress.com/opinion/westview/big-chill-in-churchill-47992231.html
www.ducks.org/news/1878/DelayedGooseProducti.html
www.winnipegsun.com/news/manitoba/2009/06/17/9830236.html

terça-feira, 16 de Junho de 2009

Miragem do Prius


A nova versão do Prius vem aí, e com um tejadilho solar. Um dos novos anúncios coloca o Prius no meio de um deserto, onde não há estradas. Será que é onde ele merece estar?

O problema dos anúncios é que são tantas vezes tão estapafúrdios, que não sei quem é que pretendem convencer. Se o anúncio que está acima vos consegue convencer a comprar um Prius, imaginem se os anúncios no link abaixo conseguirão convencer os árabes, os enamorados, e tantos outros seres humanos normais. Com excepção talvez do anúncio do homicida, que talvez se tenha safo porque o Prius lá silencioso, isso é!

www.hybridcars.com/top-10-most-outrageous-prius-ads-25531.html

segunda-feira, 15 de Junho de 2009

CO2 da Galp

A Galp tem uma nova promoção no ar: Carbono Zero. O segredo está nos detalhes: Quanto mais combustível se comprar, mais prémios se ganham!? "Com mais de €30 em compras ganha milhares de prémios". E os slogans continuam: "Ganhas tu e ganha o planeta". E depois compensam as emissões, com quase 15000 toneladas compensadas quando escrevo estas linhas.

Mas a promoção tem também um jogo: o jogo do carbono zero. Carregando-se nas teclas de espaços, abate-se o CO2! Se não o abatemos, ele tomba o jogador... E as folhas da árvore caiem, talvez porque lhe estamos a desintegrar o alimento...

Mas o pior está escondido! Reparem que o que está a ser contabilizado para anulação nesta promoção inclui apenas as emissões da campanha da promoção em si! Não as emissões dos combustíveis que comprar, claro!

http://galpcarbonozero.galpenergia.com/home.html
http://galpcarbonozero.galpenergia.com/pdfs/FichaT%E9cnica_CarbonoZero_Campanha.pdf

Fome solar

Há mais de 200 anos, o astrónomo William Herschel teorizou sobre a correlação entre os preços do trigo e a quantidade de manchas solares. Observou que com poucas manchas solares, o clima se tornava mais frio e seco, as culturas baixavam, e os preços de trigo subiam... A mesma teoria foi confirmada por Pustilnik e Din, já em 2004.

Não é preciso pois ser bruxo para perceber o que poderá estar a acontecer, agora que a quantidade de manchas solares está em mínimos dos últimos cem anos. Com o mau tempo que tem grassado pelos principais produtores mundiais (China e Estados Unidos), não admira que venha aí uma falta de cereais. E noutras culturas, quase todas estão de rasto, desde o Brasil à Europa, da Ásia à América.

O que vale é que ainda há muito CO2 no ar. Assim, a fotossíntese ainda vai sendo possível. Enquanto os políticos andam a lutar contra o CO2, não veêm a fome que está a chegar...

www.newscientist.com/article/dn6680
www.telegraph.co.uk/comment/columnists/christopherbooker/5525933/Crops-under-stress-as-temperatures-fall.html

domingo, 14 de Junho de 2009

Período Quente Medieval e IPCC

Num artigo importante, publicado no "Climatic Cange", Jan Esper e David Frank questionam o relatório de 2007, do grupo de trabalho 1 do IPCC, no que toca ao aumento da heterogeneidade do clima durante o Período Quente Medieval. A conclusão do artigo é surpreendente:

"Given the wide acceptance of the AR4 and the notion of a more chaotic climate towards the Dark Ages, it thus seems relevant to recall that we currently do not have sufficient widespread, high-resolution proxy data to soundly conclude on the spatial extent of warmth during MWP."

www.wsl.ch/staff/jan.esper/publications/Esper_2009_CC_IPCC.pdf

quarta-feira, 10 de Junho de 2009

Investidas Vikings

Confesso que admiro os Vikings. Tenho abordado igualmente bastantes vezes a realidade da Gronelândia, terra da qual os ecologistas pouco gostam. Porque esconde muitas verdades!

Um dos maiores arqueólogos Canadianos, Pat Sutherland, afirma que acabou de ser descoberto um local, na ilha de Baffin, com ruínas atribuíveis aos povos nórdicos, que durante o Período Quente Medieval, colonizaram a Gronelândia, e pelos vistos, os arredores. Esta é uma descoberta extraordinária, e seria a segunda localização conhecida no Novo Continente de uma construção Viking. O que é extraordinário é que esta localização é 1500Km a norte da outra única localização!

Num local onde ainda hoje é dificil sobreviver, como será que os Vikings sobreviveriam? Será que estava mais quentinho?

www.canada.com/technology/science/Vikings+visited+Canadian+Arctic+research+suggests/1635865/story.html

terça-feira, 9 de Junho de 2009

Finlândia precisa de Aquecimento Local

Os finlandeses olharam este fim de semana pela janela, e não acreditaram. Às portas do Verão, o que está a dar para aqueles lados são temperaturas vincadamente negativas (-8.5ºC), características do Inverno. O problema é que essas temperaturas causam graves problemas.

As culturas estão todas a sofrer. Depois de rebentarem durante a Primavera, agora morrem. Sejam morangos, tomates ou batatas, sejam sebes ou árvores. Tudo sofre dos efeitos próprios da geada deslocada no tempo. Até os pequenos passarinhos estão a morrer nos ninhos.

Por isso, os finlandeses também anseiam pelo Aquecimento...

www.hs.fi/english/article/Recent+frosty+nights+damage+berry+crops+chicks+die+in+nests/1135246622486

segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Avião melhor que o comboio?

O debate nas emissões nos transportes é muito interessante. Um estudo recente demonstra como tudo pode andar meio engatado... Um avião pode ser mesmo mais amigo do ambiente que um comboio!

Um novo estudo comparou as emissões totais geradas por 11 diferentes modos de transporte nos Estados Unidos. Mikhail Chester e Arpad Horvath, da Universidade de Berkeley, na California, procuraram não só as emissões directas, mas aquelas necessárias ao seu funcionamento. Para uma analogia, para que um comboio possa andar, é preciso terraplanar, colocar os carris, e só depois é que eles podem andar. Para uma analogia melhor, para o TGV em Portugal, é preciso adiconalmente escavar montes de montes e fazer montes de pontes...

O estudo dá resultados interessantes, e os aviões são definitivamente a maior surpresa. E curiosamente, quanto maior melhor! O melhor é o eléctrico em hora de ponta. E os autocarros nocturnos e de fim de semana, claramente os piores!

http://repositories.cdlib.org/cgi/viewcontent.cgi?article=1024&context=its/future_urban_transport

domingo, 7 de Junho de 2009

Oferta para ecologistas

Para esses ecologistas da treta, que estão muito preocupados com as emissões de CO2 e metano, há agora uma nova prenda. Seja para oferecer no dia da Terra, dia do Ambiente, ou mesmo no dia de aniversário, este acumulador de metano é a prenda ideal!

É especialmente indicada para aqueles que defendem que cada vaquinha devia ter uma coisa parecida, ou para aqueles que se afirmam vegetarianos, por causa do clima. Ainda não há um tamanho XXL para aqueles que vão buscar um suplemento proteico aos feijões... E cuidado com o fogo, pois um aparelho destes pode ser uma arma de destruição maciça!

Mas com cada ser humano a produzir entre 500 cm3 a 2000 cm3 de gás por dia, dos quais até 40% são gases de efeito de estufa, há por aí muito potencial desaproveitado...

http://blogs.news.com.au/heraldsun/andrewbolt/index.php/heraldsun/comments/save_the_planet_trap_your_own_methane/
http://en.wikipedia.org/wiki/Flatulence
http://digestive.niddk.nih.gov/ddiseases/pubs/gas/index.htm

sábado, 6 de Junho de 2009

Neve no Reino Unido em Junho

O Met-Office lançou uma previsão de que este Verão iria ser mais quente, com temperaturas acima da média. Na verdade, como ainda não chegou o Verão, não se pode dizer que se tenham ainda enganado. Mas os Ingleses não devem pensar muito assim. Lá, como cá, o que está a dar nem sequer é a Primavera, mas sim o Inverno.

Ontem, alguns ingleses tiveram direito ao primeiro nevão de Junho. Na zona mais a norte do Reino Unido, chegou a nevar 5cm, o que permitiu a construção de bonecas de neve, como os da foto. Há alguns relatos de chuva com neve nas décadas de 70 e 80, mas é preciso recuar ao Sec. XVIII (12 de Junho de 1791) para relatos de neve mais tarde em Junho!

www.dailymail.co.uk/news/article-1191089/Its-June--snowing-From-sweltering-shivering-just-week-happen-great-British-summer.html
www.dandantheweatherman.com/Bereklauw/latesnow.html

sexta-feira, 5 de Junho de 2009

Verdades sobre o TGV

O TGV é defendido com unhas e dentes pelos políticos reinantes deste país, e de nuestros hermanos do lado. Curiosamente, os americanos parecem querer surfar uma onda, que não é manifestamente a deles. Por isso é muito interessante filtrar o que realmente interessa de uma notícia do New York Times sobre o assunto. Então, não é que há apenas duas linhas de comboio de alta velocidade, em todo o mundo, que dão lucro? São elas as linhas entre Tóquio e Osaka, e entre Paris e Lyon.

Mas há mais problemas, dos quais ninguém quer falar. Como, por exemplo, quanta energia consomem estes comboios? Em Espanha, entre Madrid e Barcelona, só se veêm postes de muita alta tensão a dirigirem-se para o AVE. E quanta maior é a velocidade, necessariamente maior é o consumo. E por cá? São só falácias...

www.nytimes.com/2009/05/30/business/energy-environment/30trains.html

quinta-feira, 4 de Junho de 2009

Bíblia das Alterações Climáticas

O NIPCC elaborou um belíssimo documento que elucida de forma muito interessante as verdades sobre as Alterações Climáticas. O documento é tão extenso (quase 900 páginas!) e tão aprofundado, que não deixa muitas dúvidas. Por isso fica aqui o Índice do documento e o respectivo link, para que todos possam ficar a conhecer melhor as verdades inconvenientes das Alterações Climáticas.

1. Global Climate Models and Their Limitations
 1.1. Models and Forecasts
 1.2. Radiation
 1.3. Clouds
 1.4. Precipitation

2. Feedback Factors and Radiative Forcing
 2.1. Clouds
 2.2. Carbonyl Sulfide
 2.3. Diffuse Light
 2.4. Iodocompounds
 2.5. Nitrous Oxide
 2.6. Methane
 2.7. Dimethyl Sulfide
 2.8. Aerosols

3. Observations: Temperature Records
 3.1. Paleoclimate Data
 3.2. Past 1,000 Years
 3.3. Urban Heat Islands
 3.4. Fingerprints
 3.5. Satellite Data
 3.6. Arctic
 3.7. Antarctic

4. Observations: Glaciers, Sea Ice, Precipitation, and Sea Level
 4.1. Glaciers
 4.2. Sea Ice
 4.3. Precipitation Trends
 4.4. Streamflow
 4.5. Sea-level Rise

5. Solar Variability and Climate Cycles
 5.1. Cosmic Rays
 5.2. Irradiance
 5.3. Temperature
 5.4. Precipitation
 5.5. Droughts
 5.6. Floods
 5.7. Monsoons
 5.8. Streamflow

6. Observations: Extreme Weather
 6.1. Droughts
 6.2. Floods
 6.3. Tropical Cyclones
 6.4. ENSO
 6.5. Precipitation Variability
 6.6. Storms
 6.7. Snow
 6.8. Storm Surges
 6.9. Temperature Variability
 6.10. Wildfires

7. Biological Effects of Carbon Dioxide Enrichment
 7.1. Plant Productivity Responses
 7.2. Water Use Efficiency
 7.3. Amelioration of Environmental Stresses
 7.4. Acclimation
 7.5. Competition
 7.6. Respiration
 7.7. Carbon Sequestration
 7.8. Other Benefits
 7.9. Greening of the Earth

8. Species Extinction
 8.1. Explaining Extinction
 8.2. Terrestrial Plants
 8.3. Coral Reefs
 8.4. Polar Bears

9. Human Health Effects
 9.1. Diseases
 9.2. Nutrition
 9.3. Human Longevity
 9.4. Food vs. Nature
 9.5. Biofuels

www.nipccreport.org/

terça-feira, 2 de Junho de 2009

AF 447 e o Aquecimento Global

Confesso que é uma notícia que me deixa triste. O desaparecimento do Air France, AF447, entre o Rio de Janeiro e Paris, deixa meio mundo perplexo. E agora já não parece haver lugar para um milagre, como o que aconteceu no Rio Hudson recentemente. Mas o que mais me chocou, no meio das notícias de nada, que pululam sobre o assunto em todos os meios de comunicação, foi a relação inacreditável entre o acidente e o Aquecimento Global.

No site de "O Globo", do mesmo grupo da Rede Globo, sugere-se que o avião AF447 caiu por causa do Aquecimento Global! Osmar Pinto Jr., coordenador do Elat (Grupo de Eletricidade Atmosférica) do Inpe refere: "Estamos com a pesquisa em andamento, avaliando se haveria alguma relação entre essas tempestades e o aquecimento global. ainda é cedo para dizer.". Não é cedo todavia para dizer que um avião da TAP que passou na mesma área, na mesma altura, não tenha tropeçado no Aquecimento Global ou Alterações Climáticas, tendo o Comandante achado a viagem normal naquela zona, tranquila. Num dia em que curiosamente as notícias da Rede Globo incluem:

Frio Intenso: RS registra 1ª neve do ano; SC marca -3ºC
8,2ºC São Paulo tem madrugada mais fria do ano

Mas ainda mais interessante é a perspectiva do ambientalista Jucelino Nóbrega da Luz. Ele afirma ter previsto o acidente há mais de 2 anos! É tão patético que vos recomendo a leitura. Já agora, um pequeno extracto do documento que está no site do link abaixo:

"Há uma aeronave Airbus A330 voo 447, ... poderá sofrer uma grande turbulência, pois há problemas climáticos muito intensos devido aquecimento global e poderá derrubar a aeronave porque provocará problemas elétricos e vitimar todos os passageiros."

Este é definitivamente um mundo louco!

http://oglobo.globo.com/mundo/acidente-voo-447/mat/2009/06/01/zona-turbulenta-esta-mais-intensa-atividade-atipica-na-regiao-forma-corredor-de-nuvens-gigantes-no-oceano-756152754.asp
www.jucelinodaluz.com.br/acidente_airfrance.htm