sábado, 28 de Fevereiro de 2009

buuuu!

As investidas do Tomás de Montemor, na revista Notícias Magazine, são um dos motivos pelos quais deixei de a ler. Mas de vez em quando, lá tropeço nela algures. No último fim de semana, lá tropecei outra vez, na seguinte discorrência:

Os australianos estão agora convencidos de que o clima está a mudar. Neste último mês foram assolados pelos piores dilúvios, ciclones e incêndios (em que arderam mais de três milhões de hectares e morreram cerca 200 pessoas) de que há história. É por estas e por outras que há muito que aviso que ser céptico quanto aos efeitos dos gases estufa é o mais próximo da estupidez... de que há história.


O que motivou o seguinte e-mail de protesto para faca.ouvir@noticiasmagazine.com.pt:

Na edição 874 da Notícias Magazine, de 22 de Fevereiro, Tomás de Montemor investe na associação entre o gases de estufa e os incêndios ocorridos recentemente na Austrália. Tal associação tem ainda implícita os conceitos de Alterações Climáticas e Aquecimento Global. O que pessoas como o Tomás de Montemor descohecem, é que tais fogos tiveram outras origens, especialmente uma gestão criminosa da floresta australiana, influenciada pelos pensamentos ecologistas. Não sou eu que o digo, são os australianos bem informados!

Para perceber do assunto, é preciso primeiro verificar que no passado houve fogos bem maiores. Nomeadamente em 1851, 1939 e 1944, em que a área ardida chegou a ser várias vezes superior à deste mês. E não havia notícias de Aquecimento Global nessa altura. Depois, perceber que a política Verde australiana impede as pessoas de se protegerem, nomeadamente criando uma área de segurança à volta de suas casas. Que o diga Liam Sheahan, que pagou uma multa de 50000 dólares australianos por ter cortado árvores em 2002, para proteger a sua casa. Hoje, é a única que permanece de pé na zona, pelo que o valor da multa teve finalmente o seu retormo. No final de contas, o resultado desta política Verde é uma Natureza negra!

Curiosamente, não há consciência que este cenário está prestes a repetir-se em... Portugal. A gestão florestal tem sido desastrosa, e ainda não apreendemos com os fogos de 2003 e 2005. Em vez de nos preocuparmos com a gestão dos combustíveis florestais, temos investido em meios de combate, e os governantes congratulam-se com os resultados! Este ano, com a precipitação já verificada, bastarão uns dias de calor para que os Kamovs, e companhia, de nada valham!

sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2009

Energia eólica drogada

Para que servem os aero-geradores? Para produzir energia eléctrica? Sim, algumas vezes. Para sacar uns subsídios? Absolutamente. Para fazer uns negócios mafiosos? Sim, em Itália. E para cometer umas fraudes? Aqui ao lado, em Espanha.

É justamente aqui de Espanha, ao lado, que chega mais uma utilidade dos aero-geradores: disfarçar o transporte de cocaína! Na operação Ciclón, a Polícia espanhola deteve 11 indivíduos, incluindo futebolistas e seus representantes. Estão acusados de transportarem 600 quilos de cocaína disfarçados no meio de equipamento destinado a aero-geradores!

www.telemadrid.com/actualidad/noticia.pag?codigo=215246

Biodiesel de regresso

Entrou hoje em vigor o decreto lei nº 49/2009, de 26 de Fevereiro, que torna obrigatório a incorporação de biocombustíveis no gasóleo rodoviário. A introdução ao decreto-lei não engana: o objectivo é incentivar o consumo de biocombustíveis! Como é que isso é conseguido? Com isenções de impostos, impulsionando a fileira dos biocombustíveis em Portugal.

O decreto-lei obriga a uma incorporação de 6% de biocombustível em 2009 e 10% em 2010. Os artigos 5 e 11 incorporam ainda uma série de compensações, directamente associadas ao custo das emissões de CO2.

Como quase todos sabemos, este decreto-lei é patético. Estão demonstradas demasiadas verdades inconvenientes sobre os biocombustíveis, que é difícil saber por onde começar a criticar. Quando casos como o da Junta da Freguesia da Ericeira já estão esquecidos, aconselho os leitores a carregar no link da etiqueta biocombustíveis à esquerda, para verem algumas dessas verdades nos últimos tempos.

http://dre.pt/pdf1sdip/2009/02/04000/0135001354.pdf

quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009

Ingleses agradecidos ao Aquecimento Global

Os Ingleses foram beneficiados pelos efeitos positivos do Aquecimento Global. É o que se depreende de mais um resumo do Met Office, com mais calinadas a respeito deste Inverno. Recordemos que esta instituição, o equivalente ao nosso Instituto de Meteorologia, havia referido em Setembro passado que, mais uma vez, a Grã Bretanha teria um Inverno ameno...

Apesar de ainda não ter terminado, este Inverno é esperado como sendo o mais frio do Reino Unido desde 1995/96. O Met Office reconhece igualmente que muitas regiões do Reino Unido experimentaram as maiores quedas de neve dos últimos 18 anos.

Mas a melhor parte estava para vir. Segundo o Met Office, se não fosse o Aquecimento Global, o Inverno teria sido muito mais frio! Obrigado, Aquecimento Global, dirão muitos dos súbditos britânicos. Venha mais!

www.metoffice.gov.uk/corporate/pressoffice/2009/pr20090225.html

quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

Broncas espaciais

Os últimos dias tem sido animados, no que diz respeito aos satélites que lá em cima andam a vigiar o Aquecimento cá de baixo. Primeiro foram os sensores DMSP utilizados para detectar a quantidade de gelo nos polos, que de repente baixou substancialmente, sem que os alarmistas se preocupassem. Depois, perante a pressão de quem realmente olha para os dados, lá se descobriu que os sensores andavam avariados... Ainda não se sabe durante quanto tempo isto aconteceu, mas durou pelo menos 45 dias.

Depois, esta semana, um satélite lançado da Califórnia, no valor de 273 milhões de dólares, perdeu-se irremediavelmente no lançamento. O satélite ia observar os níveis de dióxido de carbono na atmosfera, mas em vez disso foi confortar-se no gelo da Antárctida!

http://wattsupwiththat.com/2009/02/18/nsidc-satellite-sea-ice-sensor-has-catastrophic-failure-data-faulty-for-the-last-45-days/
www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601103&sid=av6QSiI5BuOI&refer=us#

segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Empregos Verdes

Quando em 2006, Arnold Schwarzenegger, governador da California, assinou uma lei que regulava o Aquecimento Global, tudo era sorrisos. Os Verdes adoraram as suas ideias de taxar as emissões, e os restantes tiveram que se curvar perante a promessa de muitos empregos verdes.

Em vez disso, a California tem liderado nos Estados Unidos a perca de emprego. A taxa de desemprego atingiu 9.3% em Dezembro, quase o dobro dos 4.9% dois anos antes. Numa das maiores economias do mundo, 1.5 milhões de Californianos perderam o seu emprego. Lidera igualmente na quantidade de empresas perdidas nos últimos anos, e tem um deficit de 40 biliões de dólares. E só vai piorar!

http://online.wsj.com/article/SB123336500319935517.html

sábado, 21 de Fevereiro de 2009

Neve com fartura

A neve tem caído com intensidade por toda a Europa este Inverno. Na última semana, e para gaúdio das estâncias de esqui, a neve tem-se acumulado em grandes quantidades.

Começando pelo Sul, em Itália a neve chegou a cair na Sicília, causando problemas de trânsito no centro e sul do país. Campo Felice-Rocca di Cambio, na região de Abruzzo, perto de Roma, recebeu 25cm de neve. Ussita / Frontignano, na região de Marche, recebeu esta semana mais 50cm de neve. Os glaciares de Presena e de Arabba estão com 550cm e 480cm, respectivamente.

Apesar de continuar a nevar fortemente na Austria, Alemanha e Suiça, a última semana foi extremamente pródiga de neve nas estâncias. Em Sörenberg foram reportados mais de dois metros de neve na última semana. St-Cergue La Dôle também atingiu os dois metros. Em Zermatt permanece a maior quantidade acumulada de neve este ano, com 7.12m. Na Austria a maior queda de neve verificou-se em Zugspitzplatt Ehrwald, com 1.35 metros. As estâncias têm em média 4 metros de neve, havendo por isso fortes riscos de avalanches fora de pista.

A neve caiu igualmente em França, embora em menor quantidade. Todavia, estações como a de Val d'Allos 1800 la Foux têm mais de 3 metros de neve. Gilles Gravier, do posto de turismo local, é elucidativo: "Nós não tínhamos registos de 3.60 metros de neve desde o Inverno de 1975".

Não há dúvidas que quem partiu para a neve esta semana de Carnaval, não vai pensar no Aquecimento Global!

www.skiinfo.com/News/CampoFelice-RoccadiCambio-EITCAMPOFEL-104-en.jhtml?aic=156227
www.skiinfo.com/News-104-en.jhtml?aic=156248
www.skiinfo.com/News/Vald-Allos1800laFoux-EFRVALDALLOS-104-en.jhtml?a=133242

sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

Aumento está aumentando

O Enem é um exame individual, realizado por estudantes do Brasil, de carácter voluntário, oferecido anualmente aos estudantes que estão concluindo ou que já concluíram o ensino médio em anos anteriores. O seu objetivo principal é possibilitar uma referência para auto-avaliação, a partir das competências e habilidades que estruturam o Exame.

A prova deste ano versava o Aquecimento Global, focalizando a relevância da região amazónica para o meio ambiente e para a economia brasileira. Ficam algumas das frases que revelam como os jovens compreendem o problema:

"Tem que destruir os destruidores por que o destruimento salva a floresta."

"A floresta está cheia de animais já extintos. Tem que parar de desmatar para que os animais que estão extintos possam se reproduzirem e aumentarem seu número respirando um ar mais limpo."

"a amazônia está sendo devastada por pessoas que não tem senso de humor."

"O aumento da temperatura na terra está cada vez mais aumentando."

www.inep.gov.br/download/enem/2008/ENEM2008_PROVA_AMARELA.pdf
www.adjorisc.com.br/jornais/obarrigaverde/noticias/index.phtml?id_conteudo=179442

quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Envolvendo glaciares em cobertores


As ideias malucas de proteger o planeta são cada mais ridículas. Jason Box, um especialista em glaciares, da Universidade de Ohio, engendrou uma nova forma de impedir os glaciares de derreterem: cobri-los com cobertores reflectores. Assim, os cobertores, sendo brancos, reflectirão a luz solar, e a neve/gelo por baixo deles permanecerá... branca?

Mas, o que não dá para imaginar é como é que eles cobrirão os glaciares? Primeiro, camiões e outros equipamentos pesados estão a ser utilizados para fazer uma demonstração da teoria. A quantidade de energia que estão a consumir obviamente não foi divulgada. Mas esse é o menor dos problemas. Como é que os cobertores se aguentarão perante as tempestades é uma incógnita. Mas eu penso que eles ainda não pensaram no pior: como é que vão fazer no final do Inverno, quando os cobertores estiverem cobertos por vários metros de neve??? Irão lá colocar outros, e outros? E dar cabo da paisagem, e do gelo, como as fotos documentam?

Acho que não. Acho apenas que eles conseguiram fazer umas férias de snowboard bem passadas, à custa do Aquecimento Global!

www.telegraph.co.uk/earth/environment/climatechange/4689667/Wrapping-Greenland-in-reflective-blankets.html

terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Eólicos mafiosos

A polícia italiana prendeu 8 pessoas, entre mafiosos, políticos e homens de negócios. Estavam envolvidos em esquemas de corrupção, relacionados com um parque eólico em Trapani, na Sicília. Os mafiosos subornaram políticos locais, por forma a investirem em parques eólicos, destinados à produção de energia verde...

Escutas, entre outros métodos, permitiram à polícia descobrir a marosca no projecto, envolvendo centenas de milhões de euros. O suborno incluía curiosamente carros de luxo, que assim compensariam as emissões poupadas pelos aero-geradores?

www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2009/02/17/AR2009021701303.html

segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

Casa de ferreiro, espeto de pau

A auditoria permanente e constante aos tretas verdes é uma obrigação de todos. Não deveria bastar ser bem falante, repetir verdades erradas ou transmitir a ideia de que são verdes. Deviam praticar aquilo que dizem!

O Sunday Times resolveu investigar os maiores palradores verdes ingleses. E descobriu que os maiores campeões do movimento verde inglês, são afinal negros para com a Natureza. Vivem em casas que produzem até meia tonelada de excesso de dióxido de carbono por ano. Entre eles estão Chris Martin, cantor pop, Boris Johnson, o presidente da Câmara de Londres e Sir David Attenborough. Nalgumas das casas, não há mesmo as medidas mais básicas de poupança de energia!

O pior do estudo, foi curiosamente Simon Hughes, o porta-voz da energia e mudanças climáticas dos Liberais Democratas. O seu apartamento não tem mesmo o isolamento básico. Na semana passada revelou um plano para tornar cada casa do reino Unido eficiente em termos de energia, mas devia ter começado pela dele!

www.timesonline.co.uk/tol/news/environment/article5734082.ece

domingo, 15 de Fevereiro de 2009

Compromisso Político

O Al deve andar aflito. Apesar de ter juntado um Grammy ao seu espólio, algumas das frases reveladas na reunião anual de AAAS (American Association for the Advancement of Science) têm associadas uma preocupação singela. Falando para cientistas, o Al Gore referiu que os cientistas não mais podem viver de consciência tranquila, e aceitar a divisão entre o trabalho que fazem e a civilização em que vivem.

"Keep your day jobs, but get involved in the debate", acrescentou. Esta frase é espantosa. Primeiro, porque supostamente para o Al Gore não havia debate e agora já há! Depois, porque é um convite aos cientistas a moverem-se do domínio científico para o político... E prosseguiu com algumas imagens dos recentes fogos da Austrália!

Não há dúvidas que ele é a melhor impersonificação do profeta da desgraça!

www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5iK81YsBpMedcj3eJszqYD2IfD0lw
www.sciam.com/blog/60-second-science/post.cfm?id=at-aaas-al-gore-urges-scientists-to-2009-02-14

sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

O frenesim sexual dos linces

Os investigadores do centro de criação de linces, em Acebuche, no Parque Nacional de Doñana, em Espanha, andam autênticos voyeurs de linces. Alertado por um leitor atento, resolvi investigar estes depravados cientistas. Então não é que eles andaram a contar quantas vezes o bicho copula? E como são espanhóis, tiveram que arranjar linces, em vez de um Zezé Camarinha, que em 2002 afirmava no Tal e Qual: "É evidente que já não dou dez seguidas como dava antigamente! Quando era novo dava mais de 50 num só dia, agora devo andar na casa das 20 ou 25 por dia, o que é bem bom para a minha idade!"

O felino espanhol afinal dá 80 em 48 horas. O que é evidentemente menos que o nosso Zezé. E ao contrário deste, o ritmo frenético dos linces visa assegurar que as linces fiquem prenhas. Parece que o ritmo também aumentou à medida que se aproxima a extinção... Os de cativeiro parece que são ainda mais felizes, com concentrações de estrogénios e hormonas 35 vezes superiores à de outros felinos! O link abaixo tem ainda mais pormenores, para os voyeuristas devorarem...

Ai, se os pandas chineses soubessem!!!

www.elmundo.es/elmundo/2009/02/06/ciencia/1233946427.html

quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

Recompensa da multa

Muitas são as notícias que tem vindo a lume sobre os incêndios recentes da Austrália. Sobre as desgraças humanas, ecológicas e outras, já muito se falou. Sobre as causas, pouco, quase todas atribuídas ao Aquecimento Global.

O que poucos sabem é que a Austrália tem políticas muito fortes de protecção da Natureza. A proibição do corte de árvores e mesmo de mato são uma imposição da política Verde, deste e de anteriores Governos. O resultado desta política Verde é uma natureza negra!

No link abaixo podemos nos congratular com a história de uma família. Liam Sheahan, em 2002, pegou num bulldozer e arrancou 250 árvores na sua propriedade, para proteger a sua casa do fogo. Foram perseguidos e acabaram por ter de pagar cerca de 100.000 dólares australianos de multas e custas judiciais. Agora chegou a recompensa: Todas as casas à volta da sua arderam, em vários quilómetros. Mas a sua ficou incólume, bem como o terreno à volta.

O mesmo está prestes a acontecer em Portugal. Como Henrique Santos refere no seu blog ambio, "ficou nessa altura (fogos de 2003/2005) claro que a questão da gestão de combustíveis é central na matéria.". E tudo o que está a ser feito está a sê-lo no sentido errado.

Por isso, preparem-se! O próximo Verão em Portugal pode ser muito parecido. Especialmente depois destas últimas semanas de chuva, que muito vão contribuir para o crescimento da massa florestal.

www.smh.com.au/national/fined-for-illegal-clearing-family-now-feel-vindicated-20090212-85bd.html

terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Doentes sem carne

No Reino Unido vai ser assim! Nada de carne nos hospitais, porque isso faz mal ao Aquecimento Global. Não interessa o que digam os nutricionistas, pois o Dr. David Pencheon, director da Unidade de Desenvolvimento Sustentado do NHS (Serviço Nacional de Saúde) do Reino Unido, referiu que tinha que se agir, cortando o nível de emissões do sistema, poupando igualmente no dinheiro e oferecendo um melhor serviço. Pergunta ele: "Como serão os cuidados de saúde em 2030-2040 numa sociedade com muito pouco carbono? Não será nada como hoje."

As estatísticas que arranjaram são engraçadas. O NHS é responsável por 3% das emissões do Reino Unido, e se fosse considerado mundialmente, seria o 81º maior poluidor do mundo, entre a Estónia e o Bahrain. Um quinto das emissões derivaram do transporte, e outro quinto dos edifícios. A percentagem da carne é que não consegui atingir...

Mas o que interessa isso? Nada no relatório produzido parece interessar-se pelos doentes... Se isto chega cá a Portugal, será concerteza uma boa razão para fechar mais hospitais e centros de saúde. E até ao seguinte pensamento, será um tiro: "Quantos mais morrerem, menos CO2 emitirão!"

www.guardian.co.uk/society/2009/jan/26/hospitals-nhs-meat-carbon

segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

Todos fartos!

Um leitor atento enviou-nos uma notícia, saída ontem no Jornal de Notícias, que ilustra a vida das pessoas mais afectadas pela neve em Portugal. O artigo começa bem: "O Marcelo já perdeu dez dias de aulas; a Maria quatro de formação; O João há um mês que não sai à noite e José que não bota as vacas para o monte. Em Pitões das Júnias há neve desde Novembro. Estão todos fartos." O artigo explicita em maior detalhe:

- A Maria já perdeu a conta a quantas vezes nevou em Pitões das Júnias. Terão sido doze, mas podem ser menos. Na aldeia todos estão de acordo, em que "já é neve a mais".

- António Teixeira lamenta-se: "Uma ainda se lhe topa graça, agora já é de mais. É uma prisão".

- O vizinho José Teixeira confessa que a excomunga muitas vezes. À neve.

- O Marcelo, de 16 anos, virou futuro meteorologista: de manhã, a primeira coisa que faz é ir à janela. Para ver o "tamanho da nevada" e aferir se o autocarro da Câmara o vem ou não buscar. Quase sempre acerta. Ele admite que "já chateia um bocado", talvez porque as folgas forçadas são para "ajudar os pais com o gado".

- A Elisete passa-lhe o mesmo. Anteontem, tinha teste, pelo que o pai viu-se obrigado a ir levá-la e buscá-la a uma aldeia onde o autocarro chegou. Desde que a neve começou a cair no concelho, são já dez os dias que não tiveram aulas.

- João Rodrigues "já para aí um mês que não sai à noite" para os bares de Montalegre ou da vizinha Galiza. Mas o que chateia mesmo João são as constantes falhas eléctricas por causa dos nevões. Fica sem a única "ligação ao mundo [Internet]".

- A irmã, Maria Rodrigues, licenciada em Gestão de Turismo, é formadora. Já falhou quatro dias.

- Para a Cátia Cascais a neve não a impede de trabalhar. Está de baixa por causa da gravidez. Mas também a chateia. "Estou farta de estar em casa", dizia, ontem, agarrada a um pau para não escorregar na neve.

http://jn.sapo.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Vila%20Real&Concelho=Montalegre&Option=Interior&content_id=1135768

domingo, 8 de Fevereiro de 2009

Imagens da neve

As imagens da neve sempre me impressionaram. O advento das máquinas digitais, da Internet, ... e do Arrefecimento Global, tem fornecido imagens belíssimas. Abaixo deixo um link que apenas mostra algumas, mas impressionantes: desde a pessoa que abre a porta de manhã e se depara com uma parede de neve, até alguém com um metro de neve em cima do carro! Vejam e divirtam-se!

www.dailymail.co.uk/news/article-1138469/And-think-weve-got-bad--Check-pictures-snow-chaos-world.html

sábado, 7 de Fevereiro de 2009

Arrefecimento Global mata em Marrocos

Enquanto Portugal aguenta mais uns quantos temporais e nevões, que os mais antigos têm dificuldades em lembrar-se de um ano igual, não precisamos de olhar para Norte para procurarmos as pistas do Arrefecimento Global.

A Sul, em Marrocos, vive-se um dos piores temporais das últimas décadas. Dezenas de pessoas morreram devido ao mau tempo das últimas duas semanas. Cerca de 500 casas foram destruídas pelo temporal, embora muitas delas sejam de construção humilde, deixando milhares de desalojados. Somem-se ainda quatro escolas, um hospital, e duas pontes! Os níveis de precipitação superam várias vezes os valores médios, tendo dado origem a cheias monumentais, com destruição também de muitas culturas.

Mas ainda há pior! Seis crianças, todas da mesma família, morreram dentro da mesma casa. E morreram porque o telhado da sua casa desabou, porque estava coberto de neve, e o peso era demasiado! Em algumas partes do norte de Marrocos, na região de Rif, a neve acumulada alcançou os nove metros, completamente insólito!

www.larioja.com/20090207/mundo/peor-temporal-lluvia-nieve-20090207.html

sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

Corrida de lesmas

Os benefícios de poupança de combustível também se aplicam nas corridas motorizadas. São menos paragens na box, ou podem fazer a diferença nas últimas voltas. Agora, o que não lembrava ao Diabo era fazer uma corrida a ver quem anda mais devagar!

A Prius Cup no Japão deve ser o máximo. Ver os carros a passar, possivelmente desengatados, leva ao rubro a multidão! As voltas agonizantes dos automóveis levam os cronómetros à loucura... E a parte electrizante das idas à box será porquê? Para meter electricidade em pó?

www.autobloggreen.com/2009/02/04/toyota-dealers-in-japan-race-hybrids-in-prius-cup/

quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2009

A mãe de todas as cobras

A notícia é muito interessante: Os restos da maior cobra do mundo foram descobertos na Colômbia, numa mina de carvão em Cerrejon. Pesava mais de uma tonelada, e terá vivido há cerca de 65 milhões de anos.

Os cientistas avançaram numa direcção interessante. A equipa procurou saber qual seria a temperatura da Terra nessa altura, por forma a suportar este gigante. Chegaram a um valor entre 30 e 34 graus, o que coloca a temperatura cerca de cinco graus acima da que hoje se regista na zona.

É de esperar o ataque dos alarmistas: é com cobras gigantescas que vamos viver na nova era do Aquecimento Global. Mas espera, como aqueceu a Terra na altura???

http://ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1358864

segunda-feira, 2 de Fevereiro de 2009

Invasão de gaivotas hiperbóreas e polares

Quando pensava que hoje já tinha visto tudo, estava muito enganado. Estamos a ser invadidos por gaivotas polares! As espécies são a Larus hyperboreus e a Larus glaucoides. Estas espécies são oriundas das regiões árcticas e muito raras em Portugal.

Porque estarão elas por estes lados? Porque será? Será que? Será mesmo? Tenham cuidado! Ainda vem aí os ursos!

http://raridades.avesdeportugal.info/invasaogaivotas.html

O planeta Gore

Uma imagem vale por mil palavras. Mas a banda desenhada pode resumir uma vida. E a vida do Al Gore merece ser retratada em Banda Desenhada, pois são tantas as suas trapalhadas! E se juntarmos o tema do Aquecimento Global, então temos matéria ilimitada. Por isso, o site GoredEarth.com é um must!

Reino Unido parado

Os Ingleses são um povo especial. E têm um clima especial, favorecidos pela corrente do Golfo. Nos últimos anos, são igualmente um dos povos líderes na defesa do Aquecimento Global. Quer a nível do Governo, quer a nível do Met Office, que faz das projecções mais maradas a nível mundial. Neste último aspecto, o Met Office, no final de Setembro, previu que, mais uma vez, a Grã Bretanha teria um Inverno ameno...

É por isso que os últimos tempos tem sido muito interessantes. Debatem-se taxas e cai neve em Londres em Outubro, pela primeira vez em 70 anos! Depois Dezembro foi o mais frio desde 1996. Em Janeiro, Londres teve 19 dias abaixo das temperaturas médias históricas. Mas o pior estava para vir.

Hoje, a Grã Bretanha parou! O pior nevão dos últimos 20 anos fechou escolas, aeroportos, estradas e comboios. Milhões ficaram em casa, ou presos algures. 3 biliões de libras é o custo estimado deste pequeno arrefecimento de uns dias. Mas no meio desta desgraça toda, há histórias lindas, como a do ladrão que foi apanhado pelas pegadas que deixou na neve...

www.metoffice.gov.uk/corporate/pressoffice/2008/pr20080925.html
www.telegraph.co.uk/topics/weather/4432426/Snow-Schools-airports-motorways-and-railways-all-closed.html
www.telegraph.co.uk/topics/weather/4436257/Snow-Britain-disruption-could-cost-UK-economy-3bn.html
www.telegraph.co.uk/topics/weather/4436235/Snow-Britain-Police-catch-burglar-after-following-his-footprints-in-the-snow.html

domingo, 1 de Fevereiro de 2009

Barragem do Sabor

A novela sobre o Sabor continua. O Tribunal Administrativo e Fiscal de Mirandela recusou a providência cautelar interposta para parar a construção da Barragem do Sabor. Os ambientalistas andam chateados, e reforçam a sua ira com múltiplos comunicados como o link abaixo, do site da Quercus. Os argumentos continuam a ser os mesmos, mas agora há uma nova variante!

A Quercus defende que "o interesse das populações locais não é salvaguardado, uma vez que as mais valias da produção energética serão exportadas para outras regiões do país, à custa da usurpação de terrenos agrícolas de grande produção..."

Em que ficamos? Último rio selvagem da Europa? Terrenos agrícolas de grande produção? Nenhum!

www.quercus.pt/scid/webquercus/defaultArticleViewOne.asp?categoryID=567&articleID=2674

Filme entornado

Há muito tempo que não via um filme tão estúpido. Tornado Terror, em inglês, simplesmente Tornado nos videoclubes em Portugal. Vê-lo ontem à noite, com uma pequena tempestade sobre Lisboa, pareceu-me apropriado. Mas deixem-me dizer que foi tempo perdido, ou então de gargalhada atrás de gargalhada...

Obviamente, a base do filme é o Aquecimento Global. Que por misteriosas razões, provoca uns tornados diferentes sobre a cidade de Nova Iorque. É para assustar, mas acho que só a primeira cena do parque assusta verdadeiramente. Depois tem efeitos piores que os piores filmes de ficção científica!

O filme gira à volta de um gigantesco sistema de baixas pressões que se coloca sobre Nova Iorque. Tanto faz bom tempo, como tem nuvens assustadoras. Há relâmpagos e mini/maxi tornados em todo o lado. A estátua da Liberdade perde um braço e os edifícios são envoltos em fogo de Santelmo. As pessoas congelam no solo, mas dois meteorologistas dão conta do assunto. A meteorologista é a que determina a sentença do Aquecimento Global. O meteorologista substitui o presidente da Câmara, um céptico, a meio do filme. Ambos não gostam da NASA, o que exclui um patrocínio do Al Gore.

Resumindo: Vejam a porcaria do filme, para se rirem a valer!

www.imdb.com/title/tt1205913/